Real Madrid, Liverpool, Manchester City… A elite da Europa se prepara para nova temporada

Embora o Real Madrid tenha, de alguma forma, quase tornado a conquista da Liga dos Campeões uma rotina nos últimos anos, a verdade é que está a tornar-se cada vez mais difícil para as equipas espanholas. Os clubes das grandes ligas europeias reforçaram as suas fileiras com contratações a um mês e meio do fim do mercado de verão e três dessas competições – Premier League, Bundesliga e Serie A – já gastaram muito mais do que o valor investido por clubes da LaLiga.

Vamos dar uma olhada rápida em alguns desses clubes que procuram manter sua posição no topo do jogo, e outros que tentam empurrar seu caminho mais alto…

Liga Premiada

Cidade de Manchester

Eles fizeram o grande sucesso do verão ao aceitar Haaland pelos 60 milhões de sua cláusula de rescisão, mais 30 milhões em comissões para seu pai e agentes. Não é surpresa, é claro, que seu salário seja agora o mais alto da história da Premier League. Uma contratação necessária para um City já impressionante, dizem alguns, que não tinha um número nove puro e que com o norueguês poderá dominar ainda mais a área adversária. Com o primeiro alvo garantido, os jogadores podem chegar para outras posições específicas: Cucurella, do Brighton, está de olho no lateral-esquerdo e Kalvin Phillips, do Leeds, para completar o meio-campo.

Liverpool

A resposta à contratação de Haaland pelo City foi a contratação de Darwin Núñez do Benfica, por quem os Reds pagaram uma quantia de até 100 milhões incluindo variáveis. Resta saber como vão digerir a saída de Sadio Mané para o Bayern, um ícone nesta era brilhante com Klopp no ​​banco de reservas. Eles também contrataram jovens talentos como Carvalho, brilhante no Fulham, e Ramsay, de Aberdeen, na Escócia. Resta saber o que acontece com Salah, porém, e uma possível saída do egípcio definitivamente ativaria a troca da guarda e traria outra estrela. O que este clube mostrou como nenhum outro é que muitas vezes chegam jogadores muito decentes, antes de serem transformados em campeões mundiais.

Chelsea

A mudança de propriedade atrasou um pouco seus planos de transferência. Até agora, nenhum acordo foi feito, além do retorno das contratações de empréstimo Broja e Gallagher de Southampton e Crystal Palace, respectivamente. A jogada mais iminente deve ser o empréstimo de Lukaku de volta à Inter. Quando esse espaço for aberto antecipadamente, o novo proprietário Todd Boehly estará procurando um grande substituto. No momento, as contratações mais comentadas são na defesa, sendo Koundé e De Ligt os candidatos mais prováveis. A opção de Gabriel Jesus estava sendo considerada para o ataque, embora outras opções estejam sendo exploradas.

Tottenham Hotspur

O clube está se movendo bem e tranquilamente, como esperado desde que Paratici assumiu a direção esportiva. Ele assinou um dínamo de meio-campo em Bissouma de Brighton por 30 milhões, e dois jogadores experientes chegaram de graça na forma do ala Perisic e do goleiro reserva Forster. Antonio Conte sabe o que está fazendo. No entanto, ele está perdendo um jogador atacante que pode completar um ataque dos sonhos ao lado de Son e Kane. Os brasileiros Gabriel Jesus e Richarlison estavam na mistura – embora um deles tenha ido para um vizinho – com estes o tipo de contratação que poderia realmente impulsionar os Spurs.

Arsenal

Perder o lugar na Liga dos Campeões nas duas últimas rodadas da Premier League da temporada passada está cobrando seu preço. Embora os Gunners queiram lutar por craques como Raphinha, o fato de só poderem oferecer a eles a Liga Europa é contra eles. A contratação de Gabriel Jesus por 52 milhões e a de Fabio Vieira, o canhoto de 35 milhões do Porto, mostra intenção. Menos comprovado é Marquinhos, o jovem contratado do São Paulo. O Arsenal continua como está há algum tempo, com muitas ideias promissoras, bastante dinheiro gasto, mas provavelmente um pouco fora do resto.

Manchester United

Um grande clube com mais problemas do que nunca ou um gigante adormecido. O grande debate é o que acontecerá com Cristiano Ronaldo, que espera um futebol da Liga dos Campeões e um time que possa pagar o que ele precisa. A mudança mais importante em Old Trafford está no banco de reservas, no entanto. Ten Hag chegou do Ajax e com ele começou um novo projeto em que jogadores emblemáticos como Pogba, Cavani e Mata não estarão mais lá. Muitos nomes estão sendo divulgados, como sempre, embora De Jong e Antony sejam os alvos mais claros para reforçar o meio-campo e a linha de frente. Eles terão que gastar muito dinheiro para se tornarem grandes novamente… e os outros sabem disso na hora de negociar. Outro amanhecer falso?

Bundesliga

Bayern de Munique

Um dos grandes vencedores até agora no mercado. Gastou 50 milhões e contratou três bons jogadores: Mané (32), Gravenberch (18,5) e Mazraoui (livre). O próximo deve ser Laimer de Leipzig. Seus próximos movimentos dependerão do que acontecer com Lewandowski. O clube insiste que não quer vendê-lo, mas uma boa oferta e o desejo do jogador de sair podem fazê-los repensar. E cuidado com Gnabry, que está em situação semelhante. Ainda há algumas coisas por vir. Fala-se de um zagueiro, outro meio-campista e talvez mais um atacante.

Borussia Dortmund

Um verão extraordinário, apesar de perder Haaland. Haller foi contratado, mas não oficializado, um substituto de garantias reais, e eles também fizeram contratações sensatas, agradáveis ​​e baratas em Adeyemi, Özcan, Süle e Schlotterbeck. Particularmente interessante é a germanização da equipe, incluindo o todo-poderoso Bayern, de quem arrebatou o zagueiro Süle titular. Pode haver mais alguns jogadores vindo para a defesa (Raum?), mas a sensação é que eles fizeram sua lição de casa cedo e bem, e que com este elenco, além do que eles tinham, eles podem enfrentar o Bayern mais do que nos últimos anos.

Ligue 1

PSG

A grande jogada deles foi renovar Mbappé. Todo o resto se seguirá, incluindo mudanças na organização esportiva e no banco. O nome do novo treinador ainda não foi anunciado, embora pareça que será Galtier. As contratações da dupla Luis Campos-Antero Henrique não serão tão bombásticas quanto com Leonardo, que também sairá. A dupla portuguesa Vitinha e Renato Sanches, que será a primeira a chegar, deve ser anunciada esta semana. O grande dinheiro será gasto no zagueiro do Inter, Skriniar. Na ausência de qualquer um de seus megastars saindo – a opção é Neymar – o resto será o mesmo do ano passado, com foco especial no novo chefe de tudo: Kylian Mbappé.

série A

Milan

Muitos negócios inacabados em seu primeiro verão antes de defender um Scudetto que demorou tanto para reconquistar. As primeiras jogadas de Renato Sanches não foram frutíferas diante do surgimento do PSG como concorrente para ele. A renovação de Ibrahimovic também está no ar, um assunto de interesse central no Milan. Marco Asensio é um sonho, mas tudo depende da vontade do Real Madrid em deixá-lo sair. A estratégia do Milan nos últimos anos se repetirá: jogadores jovens, de médio escalão, com capacidade de melhorar, justamente o que fez seu melhor jogador, Rafael Leão, se destacar. Mantê-lo por mais um ano também pode ser considerado um sucesso.

Inter de Milão

Eles estão esperando muito uma mudança de ritmo na linha de frente, Lukaku e Dybala podem chegar, embora nenhum dos dois esteja definitivamente amarrado. Teremos que ver que impacto isso teria em jogadores importantes do elenco, como Lautaro Martínez. Embora não fosse seu desejo, a oferta de 60 milhões do PSG por Skriniar pode fazê-los concordar em transferir o zagueiro eslovaco. A saída de Perisic, um jogador fundamental para Inzaghi jogando como ala esquerda, força a Inter a procurar um substituto. Ainda não foram feitas contratações oficiais, mas há mudanças em andamento e elas estão tendo impacto. A Inter quer recuperar um Scudetto que foi arrebatado por seus rivais e vizinhos da cidade na última temporada.

Juventus

Sua grande jogada pode ser Pogba. O francês está perto de retornar a Turim seis temporadas depois de sair e de graça, quando foi para Old Trafford por 100 milhões. Seria um grande negócio, embora ainda não se saiba o quão bem ele pode se apresentar em seu retorno. Há saídas importantes, especialmente Morata, Dybala e Bernardeschi, que praticamente obrigam a Juve a fazer contratações no ataque. O mais importante veio no inverno passado, quando Vlahovic desembarcou. Di Maria esteve em órbita e ultimamente Neymar foi oferecido. Seria uma verdadeira bomba…

Como você pode ver, há muito movimento acontecendo, ainda há muito tempo para gastar muito mais. Estaremos atentos a todos os desenvolvimentos…

We would love to thank the author of this write-up for this amazing web content

Real Madrid, Liverpool, Manchester City… A elite da Europa se prepara para nova temporada


Discover our social media profiles as well as other pages related to it.https://topfut.com/related-pages/