Árbitros europeus preparados para nova campanha | Por dentro da UEFA

Os árbitros iniciam uma temporada repleta de missões europeias com um apelo do diretor de arbitragem da UEFA, Roberto Rosetti, para manter o foco, agir com firmeza e consistência contra a má conduta em campo e dar tudo na busca da excelência que conquistou o prêmio da Europa árbitros sua reputação impressionante.

Tecnologia Offside Semi-Automatizada – ‘Aprimorando o fluxo do jogo’

A Tecnologia Semi-Automatizada de Impedimentos (SAOT), utilizada oficialmente pela primeira vez no recente jogo da Supertaça Europeia entre Real Madrid e Eintracht Frankfurt em Helsínquia, permite às equipas de árbitros assistentes de vídeo (VAR) determinar situações de impedimento de forma rápida e precisa – “reforçando o fluxo do jogo e a consistência das decisões”, disse Rosetti.

O novo sistema funcionará graças a câmeras especializadas capazes de rastrear 29 pontos corporais diferentes por jogador e foi testado exaustivamente desde 2020, entre outros, na Liga dos Campeões da temporada passada e em todas as finais do UEFA Women’s EURO neste verão.

“Mesmo que o VAR e a tecnologia semi-automática não fossem necessários para alterar nenhuma decisão de impedimento durante a partida [in Helsinki]o sistema funcionou perfeitamente”, acrescentou.

O SAOT será implantado desde o início da fase de grupos da Liga dos Campeões na próxima semana.

Rosetti disse que a UEFA está “muito orgulhosa” por introduzir oficialmente o sistema na sua competição de clubes premium. “Para o bem do jogo e da arbitragem, a UEFA quer sempre usar a melhor tecnologia disponível”, disse. “A UEFA está sempre à procura de novas soluções tecnológicas para melhorar o jogo e apoiar o trabalho dos árbitros.

“Acreditamos fortemente neste projeto. A tecnologia semiautomática de impedimento melhorará ainda mais o VAR, que implementamos com sucesso nos últimos anos em nossas competições”.



Tecnologia Offside Semiautomatizada em açãoUEFA via Getty Images

Rosetti enfatizou que o sistema VAR, introduzido para ajudar os árbitros no processo de tomada de decisão, continuará a provar seu valor nesta temporada. “Está claro que o VAR não é mais apenas um projeto”, explicou. “Agora é uma parte importante e estabelecida do futebol. Embora os árbitros continuem sendo a prioridade óbvia, o sistema existe para fornecer assistência crucial aos árbitros na tomada de decisões”.

IFAB esclarece diretrizes de ‘jogo deliberado/deflexão’ de impedimento

Após uma série de situações de alto perfil e com base na expectativa de que um jogador que está claramente em posição de impedimento não deve ficar ‘onside’ em todas as ocasiões em que um oponente se move e toca a bola, os legisladores do futebol, o International Football Association Board ( IFAB), após discussões com as partes interessadas do futebol – incluindo a UEFA – esclareceram as diretrizes para distinguir entre ‘jogo deliberado’ e ‘desvio’.

Um árbitro assistente sinaliza impedimento


Um árbitro assistente sinaliza impedimentoImagens AFP/Getty

Nenhuma alteração à Lei 11 (Fora de Jogo) nas Leis do Jogo desta temporada é necessária, mas, para refletir a expectativa do futebol, as diretrizes para distinguir entre ‘jogo deliberado’ e ‘desvio’ foram esclarecidas:

Leia o esclarecimento do IFAB sobre ‘jogo deliberado’ e ‘deflexão’

“Este é um esclarecimento importante e bem administrado feito pelo IFAB com nosso total apoio”, disse Rosetti. “É para o bem do futebol, e 100% mais justo e dentro do espírito do jogo.”

Árbitros da UEFA instados a proteger a imagem do futebol

Os árbitros da UEFA entram na campanha 2022/23 com instruções claras para reprimir com firmeza os casos de assédio de árbitros, confrontos em massa entre jogadores e divergências de jogadores e treinadores.

“Não queremos ver essas coisas no jogo”, disse Rosetti. “Estamos determinados a proteger a imagem do futebol e consideramos inaceitáveis ​​certos tipos de comportamento em campo e nos bancos”.

Os jogadores que tentam enganar os árbitros através de atos de simulação ou reagindo exageradamente a faltas de contato leve também podem ser punidos. Além disso, os árbitros estão sendo solicitados a tomar sanções firmes em situações em que os jogadores tentam enganar os árbitros para que dêem cartões vermelhos ou amarelos aos jogadores adversários.

“Quando um jogador tenta punir outro jogador, é injusto para o futebol”, sublinhou Rosetti. “Representa uma conduta injusta de jogadores contra seus colegas – um mau exemplo de comportamento desrespeitoso.”

Os árbitros estão sendo instados a mostrar ‘sensação de ponta dos dedos’ ao lidar com partidas nas competições europeias de clubes e seleções na próxima temporada. “A este nível, existem momentos chave de mudança de jogo que podem acontecer numa fracção de segundo”, reflectiu Rosetti. “É crucial que os árbitros sejam capazes de ler o jogo e entender o espírito de jogo nessas situações – eles precisam estar prontos para reagir, tomar uma decisão da maneira que for necessária e, o mais importante, ser consistentes”.

A equipa de árbitros da Supertaça Europeia de 2022 em treino antes do jogo em Helsínquia


A equipa de árbitros da Supertaça Europeia de 2022 em treino antes do jogo em HelsínquiaUEFA via Getty Images

Árbitros – verdadeiros embaixadores do futebol

Os árbitros foram lembrados do seu dever de serem embaixadores da UEFA nas suas missões na Europa. “A atitude deles deve ser 100% exemplar e responsável desde o momento em que recebem a nomeação”, insistiu Rosetti. “São representantes da UEFA, das suas federações nacionais – e do futebol.”

No recente curso de verão dos árbitros europeus, Rosetti enviou os árbitros para a temporada 2022/23 com palavras claras de encorajamento e motivação.

“Comecei e terminei o curso com uma frase: ‘Você nunca deve esquecer de onde você vem.’ Queremos que nossos funcionários permaneçam humildes, mantenham os pés no chão, trabalhem duro, sejam disciplinados, se concentrem nas metas e sejam fortes e respeitosos.

“O próximo jogo é o mais importante para um árbitro, é a melhor abordagem no nosso duro trabalho”, concluiu Rosetti. “E se os árbitros estiverem exaustos no final de suas partidas, eles podem se sentir satisfeitos, porque isso provará que eles deram tudo para sua tarefa”.

We want to give thanks to the writer of this article for this amazing material

Árbitros europeus preparados para nova campanha | Por dentro da UEFA


Discover our social media profiles , as well as other pages related to it.https://topfut.com/related-pages/