Everton 0-0 Liverpool: Premier League – ao vivo!

Principais eventos

A primeira vitória do Everton na temporada permanece indescritível. A análise pós-jogo de Pickford é bastante acertada: eles não parecem um time destinado a outra batalha pelo rebaixamento. Liverpool enquanto isso aparecem bem fora de outro lance de título, já bem fora do ritmo e nada clicando na frente.

A coisa é, embora Liverpool sacudiu a trave em várias ocasiões, e Pickford foi forçado a fazer várias defesas absurdas, um empate parece certo. O Everton foi competitivo por si só, acertando na trave e tendo um gol anulado marginalmente por impedimento. Alisson também teve que fazer grandes defesas. O homem do jogo Jordan Pickford está encantado: “Agora temos caráter e espírito de equipe. Ainda não conseguimos a nossa vitória, mas somos difíceis de bater. Você precisa de muitos líderes em campo, e nós temos isso. Temos um empate e podemos continuar construindo. É trabalho duro, é compromisso. Vamos ficar mais fortes e conseguir as vitórias.”

INTEGRAL: Everton 0-0 Liverpool

O apito soa e Jordan Pickford levanta os dois braços em triunfo. Ele simplesmente se recusou a deixar a bola passar por ele esta tarde!

90 minutos +6: Pickford recebe um cartão amarelo por ter demorado muito no chute de gol resultante.

90 minutos +5: Robertson dirige no meio. A bola passou para Salah pela direita. Salah entra na área e manda um chute no canto inferior direito. Pickford acerta o tiro com a ponta do dedo, virando-o para o poste! A bola gira, depois rebate em Salah e sai para um chute a gol. Ele tem sido o homem do jogo tudo bem!

90 minutos +4: No BT Sport, Jermaine Jenas nomeia Jordan Pickford como o homem do jogo.

90 minutos +3: Milner rouba Gueye no círculo central. Ele manda Salah pela direita. Salah corta para dentro, mas não consegue um tiro útil. Por um segundo, isso pareceu.

90 minutos +2: Robertson cruza da esquerda. Firmino ganha um cabeceamento na trave mais distante, mas manda de volta para o gol. Quando o jogo para, Fabinho recebe o cartão amarelo por um bloqueio anterior em Gueye.

90 minutos +1: Gray corta da esquerda e aponta para o canto superior direito. Nenhuma repetição de seu heroísmo contra o Arsenal na última temporada. Alisson afirma facilmente.

90 minutos: Haverá um mínimo de seis minutos adicionados.

89 minutos: Jota tenta se espremer no Everton caixa de seis jardas da esquerda. Patterson não está cedendo, e leva Jota e bola para um chute a gol.

87 minutos: Salah faz um cruzamento rasteiro no Everton caixa da direita com a parte externa de sua bota. Ele cai para Firmino, que lança um chute no canto inferior esquerdo. Pickford está mais uma vez à altura da tarefa. O goleiro do Everton certamente será nomeado o homem do jogo; ele fez algumas paradas ofuscantes.

85 minutos: Aquele chute de McNeil sofreu alguns desvios no caminho para Alisson. Que bela reação, salvo aquela.

84 minutos: McNeil corta pela direita e dá um chute no canto superior esquerdo. Alisson se inclina maravilhosamente. Nada vem do canto resultante, mas é o Everton que parece mais provável de encontrar um vencedor tardio. “A multidão analítica pode mostrar Liverpool dominando, mas isso é uma porcaria”, argumenta Mary Waltz. “O Everton combinou soco por soco do Liverpool. O que um cracker este acessório tem sido. Seja qual for o resultado, orgulho da minha equipe.”

82 minutos: O herói local Gordon sai sob aplausos calorosos. McNeil toma seu lugar.

81 minutos: Onana está caído, sentindo aquele desafio de Van Dijk. Pickford se aproxima e o convence a voltar e arar. Everton estão farejando um vencedor.

80 minutos: Liverpool fazer suas subs finais. Jota e Matip entram para o Elliott e o ineficaz Nunez.

79 minutos: A cobrança de falta resultante leva a um escanteio da esquerda, Tarkowski forçando Van Dijk a entrar em ação. Gray rebate, mas Fabinho se afasta.

77 minutos: Não, o VAR não está interessado. Arquive esse abaixo: Você certamente os viu dadas. Van Dijk é um rapaz de sorte, tendo inicialmente feito contato com a canela de Onana antes de sua bota escorregar e fincar no topo do pé.

76 minutos: Van Dijk é sacudido por Onana e entra no livro. Ele tem sorte que não é um vermelho; seus pinos plantados em cima da chuteira de Onana, e o VAR pode estar interessado em revisar isso.

75 minutos: Firmino faz um cruzamento da esquerda. Isso é tão fácil para Pickford. Liverpool perderam a verve do início do segundo tempo.

74 minutos: O Everton está na frente agora. Onana cruza da direita. Iwobi quase se beneficia da hesitação de Milner em alimentar Maupay. Gomez, que foi o melhor zagueiro do Liverpool nesta tarde, consegue rebater.

72 minutos: Tarkowski prende Nunez com seus brincos. O atacante não está feliz e xinga o árbitro, que mostra pouco interesse. Goodison está borbulhando agora, por várias razões.

NENHUMA META. Everton 0-0 Liverpool

Coady estava de fato fora. Frações nele, mas fora de jogo, no entanto. Antes que o jogo possa recomeçar, alguém canaliza seu Eddie Kavanagh interior e invade o campo.

70 minutos: … mas o VAR vai verificar isso por impedimento. Coady olha a olho nu, mas nunca se sabe. Milner jogou com ele? Vamos aguardar as filas.

META! Everton 1-0 Liverpool (Coady 69)

O canto foi atingido por muito tempo. Maupay recicla a posse à esquerda do Liverpool caixa de seis jardas. Ele efervesce baixo. Coady, no bastão distante, entra em erupção. Goodison entra em erupção!

68 minutos:Everton break, Gordon deslizando pelo outro lado e ganhando um canto à direita! Esta partida está lentamente se transformando em um jogo de basquete.

67 minutos: Robertson desce pela esquerda e ganha um Liverpool canto. Do qual …

65 minutos: … mas Everton lidar com a terceira curva e quebrar em velocidade. Gray queima a esquerda e puxa de volta para Maupay, que está livre na marca do pênalti e deve marcar! Mas agora é a vez de Alisson brilhar. Ele se torna grande, e Maupay dá um tapa direto nele. Os dois goleiros estão tendo worldies! Como diabos esse jogo ainda está sem gols?!

Neal Maupay afoba suas falas. Fotografia: Peter Byrne/PA

64 minutos: Firmino ganha um cabeceamento. Pickford desvia para outro canto. A partir disso, Fabinho dirige baixo. Pickford bloqueia esse também! Isto é Liverpool contra Pickford!

63 minutos: Gordon dirige pela direita e puxa para trás para Patterson, que entra na área e chuta de um ângulo apertado. A bola sai da zaga de Van Dijk e sai para escanteio. O set set não é grande coisa, e Liverpool contador. Nunez, ganhando uma bola longa pela direita, corta para Firmino, cujo remate rasteiro é desviado ao poste por Pickford.

62 minutos: Goodison ruge para receber de volta Idrissa Gueye. Ele vem para substituir Davies.

61 minutos: Gordon liga os jatos à esquerda. Ele alcança a assinatura e corta para trás, forçando Van Dijk a sair para um canto. Gray desperdiça-o ao enchê-lo direto para um chute a gol.

59 minutos: Uma dupla mudança para Liverpool, e eles trocam suas costas. Alexander-Arnold e Tsimikas abrem caminho para Milner e Robertson.

58 minutos: Patterson dá um backpass para um Liverpool canto. Tsimikas pega o presente da esquerda. Van Dijk vence um cabeceamento, mas não consegue direcionar para o gol. Tiro de meta.

56 minutos: Iwobi luta perto do círculo central e arrebata a bola de Elliott. Ele tenta arremessar Alisson de 35 jardas. A bola está sempre saindo para a direita, mas se isso estivesse no alvo, o Liverpool goleiro estaria em apuros.

Nathan Patterson e Luis Diaz andam ombro a ombro.
Nathan Patterson e Luis Diaz andam ombro a ombro. Fotografia: Phil Noble/Reuters

55 minutos: Alexander-Arnold balança o canto por muito tempo. Salah tenta amortecer um cabeceamento para Elliott, mas Mykolenko percebe o perigo e intercepta.

54 minutos: Salah cruza da direita. Coady deve limpar facilmente, mas bate a bola direto para Nunez, cujo chute rasteiro instantâneo é engolido por Pickford. Liverpool logo vem novamente, e Tsimikas ganha outro canto à esquerda.

53 minutos: Nada vem do canto. Pickford afirma sem muito barulho.

52 minutos: Liverpool definitivamente aumentou o ritmo. Diaz e Tsimikas combinam mais uma vez à esquerda. Canto.

50 minutos: Iwobi entra no Liverpool caixa da direita. Maupay, de costas para o gol, tenta chutar por cima do ombro. A bola voa inofensiva sobre a barra.

49 minutos: Tsimikas cruza fundo da esquerda. Harvey prende e atira de um ângulo apertado. Pickford afastando Firmino, que estava esperando para voltar para casa. Tsimikas tenta devolver a bola para o misturador da esquerda, mas sofre uma onda de calor e a chuta descontroladamente para fora do jogo, liberando a pressão sobre Everton.

48 minutos: Tsimikas e Diaz combinam-se novamente à esquerda. O movimento não sai bem, mas Liverpool claramente receberam ordens de seu gerente para aumentar o ritmo.

47 minutos: Tsimikas derruba a esquerda e desliza Diaz para a área. Diaz recua para Nunez, que chuta mal para a esquerda. A bandeira então aparece para um impedimento em Diaz.

46 minutos: Nunez luta com Coady na esquerda e tira o Everton defensor da posse. Ele tem azar de ouvir o apito do árbitro por não muito, ou ele teria saído pela ala.

O Everton começa o segundo tempo. Firmino, que nunca marcou contra eles, entra no lugar de Carvalho. Liverpool comece em uma formação 4-2-4!

Leitura de meio período. Você não conseguiu esse tipo de bagagem de mão com Hafnia.

Intervalo: Everton 0-0 Liverpool

A fixação de nível parece certa no equilíbrio do jogo, embora Liverpool liderar 2-1 em termos de incomodar madeira.

45 minutos +1: Iwobi pinga uma bola da esquerda. Davies e Gray combinam-se com firmeza e quase saltam Maupay no meio. Alexander-Arnold estava no ponto para acabar com a alcaparra.

45 minutos: Isso está acordado Liverpool acima. Diaz desliza Tsimikas para a área do Everton à esquerda. Tsimikas entra no centro e ganha um canto. Van Dijk vence um cabeceamento, mas Tarkowski bloqueia e limpa. Haverá dois minutos adicionados.

43 minutos: Agora Liverpool chegar tão perto! Duas vezes em poucos segundos! Nunez persegue um passe longo pelo canal direito interno. Ele se abaixa e chuta em Pickford, que dá uma gorjeta espetacular para o travessão! A bola quebra para Diaz na esquerda. Ele deixa cair um ombro e enrola um grito no goleiro e em direção ao canto superior direito. A bola absolutamente trava fora do poste, na frente do gol, e longe! Como isso ficou de fora?!

Jordan Pickford coloca a ponta dos dedos no esforço de Nunez.
Jordan Pickford coloca a ponta dos dedos no esforço de Nunez. Fotografia: Jason Cairnduff/Action Images/Reuters

42 minutos: Carvalho está de volta, mas mancando.

40 minutos: O lance de bola parada é trabalhado à direita, a bola recuada. Nunez sobe ao segundo poste e cabeceia por cima da barra.

39 minutos: Klopp não está feliz com esse desafio. Ele tem uma troca de pontos de vista com o quarto árbitro, enquanto Carvalho esfrega uma perna dolorida. Ele pula momentaneamente como Liverpool prepare-se para balançar um chute livre no mixer da esquerda.

38 minutos: A primeira marcação da tarde como Onana chega tarde em Carvalho e lhe dá uma joelhada nas calças. Carvalho fica no chão enquanto os torcedores da casa questionam o profissionalismo do árbitro por meio da música.

36 minutos: Nunez e Salah conseguiram muito pouco até agora, enquanto Carvalho permaneceu anônimo. Everton ficará muito feliz com a forma como isso tem ido até agora.

34 minutos: Alexander-Arnold cruza da direita. Nunez faz um esforço desajeitado em um chute de bicicleta. O ar fresco é passado. Sua dignidade sofre mais um golpe quando ele se vira para perseguir a bola, apenas para deslizar para a bandeira de escanteio, com as pernas nos quadris. Oof, ooyah, bem nos swingers.

We would love to give thanks to the writer of this short article for this outstanding material

Everton 0-0 Liverpool: Premier League – ao vivo!


Take a look at our social media accounts and other related pageshttps://topfut.com/related-pages/