O melhor XI de Lucas Moura com quem jogou inclui algumas seleções e omissões intrigantes

Lucas Moura teve uma carreira ilustre pelo clube e pela seleção, atuando pelo Paris Saint-Germain, Tottenham e Brasil durante todo o seu auge.

Emergindo como a estrela brilhante do São Paulo no início de 2010, foi o PSG que descartou o interesse do Manchester United e de outros para contratar Moura em 2013.

Desde então, o brasileiro se tornou um dos alas mais confiáveis ​​e eficazes do futebol europeu, conquistando títulos na França antes de se mudar para os Spurs em 2018, onde permanece até hoje.

Vida em Tottenham tornou-se um pouco mais difícil nas últimas temporadas com outros atacantes com mais destaque do que ele, mas Lucas sempre permaneceu um servo incrível e sempre pode ser chamado para fazer uma performance impressionante quando necessário.

Não precisamos deixar de lado seu heroico hat-trick na segunda mão das semifinais da Liga dos Campeões em 2019, que colocou os Spurs perto do prêmio mais cobiçado do futebol europeu.

Moura tem futuro no Tottenham?

Mas, com o Tottenham se fortalecendo ainda mais e contratando o colega brasileiro Richarlison, do Everton, Moura parece estar caindo ainda mais na hierarquia, após a chegada de Antonio Conte como técnico.

No entanto, ter alguém tão ridiculamente capaz como Moura, de 29 anos – quatro vezes vencedor da Ligue 1 por mérito próprio – como mera opção de elenco, certamente é atraente para Conte, que se beneficiaria enormemente de manter o brasileiro por perto, considerando sua habilidade e popularidade com os fãs.

SOUTHAMPTON, INGLATERRA – 28 DE DEZEMBRO: Lucas Moura do Tottenham Hotspur assiste durante a partida da Premier League entre Southampton e Tottenham Hotspur no St Mary’s Stadium em 28 de dezembro de 2021 em Southampton, Inglaterra. (Foto de Dan Mullan/Getty Images)

Enquanto as especulações rolam em torno de seu futuro enquanto os Spurs se preparam para a nova temporada no mercado de transferências, Moura está olhando para trás em sua carreira até agora com o brasileiro TNT Esportee aqueles com quem ele compartilhou.

Moura foi recentemente encarregado de criar um XI dos maiores jogadores de futebol com quem jogou durante sua carreira, e também teve que escolher o melhor técnico com quem trabalhou. Considerando sua jornada até agora, ele não tem poucas opções repletas de estrelas.

Mas, o XI que ele criou é incrivelmente interessante e talvez bastante revelador sobre o verdadeiro talento de alguns indivíduos. Vamos dar uma olhada.

O Manchester United contratou Frenkie de Jong? (Terraço de Futebol)

O XI de Moura dos melhores jogadores com quem jogou

Um gráfico do XI de jogadores de Lucas Moura com quem ele compartilhou um campo de futebol
O XI de jogadores com quem Lucas Moura jogou é fascinante

Muito para descompactar aqui, como você provavelmente pode dizer. Então, vamos começar pela parte de trás, com o herói cult do futebol Rogerio Ceni de pé entre os bastões. Um começo surpreendente, considerando que Moura passou as últimas quatro temporadas jogando com o vencedor da Copa do Mundo Hugo Lloris.

Ceni marcou impressionantes 131 gols durante sua carreira como goleiro, desenvolvendo uma reputação de especialista em cobranças de faltas e pênaltis. O que também impressionou foi sua longevidade, já que jogou mais de 1200 jogos profissionais e ganhou 20 grandes prêmios. Uma boa seleção independentemente.

Não é surpresa ver Marquinhos e Thiago Silva na frente dele. A dupla – também brasileira – jogou com Moura pelo clube e pela seleção, mas o trio fez mais sucesso juntos durante a passagem pelo PSG, dominando no mercado interno ao longo da década de 2010.

Omissões controversas no meio-campo e ataque

O meio-campo três é onde as coisas ficam muito interessantes. Mousa Dembele foi selecionado por Moura, um jogador que muitas vezes voa sob o radar, mas era absolutamente insaciável durante o auge de seus poderes no Tottenham. Na verdade, eles só jogaram juntos por um ano, quando Dembele partiu para a China em janeiro de 2019. Se isso não lhe disser o quanto ele é considerado por colegas profissionais, nada o fará.

Thiago Motta ocupa o segundo lugar no meio-campo, com Moura se escolhendo como terceiro e último meio-campista. Uma opção ousada do maestro brasileiro, com nomes como Casemiro, Marco Verratti e Blaise Matuidi em disputa. Ele se apoia, no entanto, e para isso temos que levantar as mãos e dizer ‘fair play’.

Neymar, Harry Kane e Son Heung-min compõem o trio de Moura, com Zlatan Ibrahimovic e Edinson Cavani ambos perdendo. Insano, novamente, mas você pode entender por que ele foi com seus atuais companheiros de equipe do Tottenham.

Lucas Moura e Zlatan Ibrahimovic sobre bola parada
MANCHESTER, INGLATERRA – 12 DE ABRIL: Zlatan Ibrahimovic (esquerda) e Lucas Moura, do Paris Saint-Germain, parecem desanimados quando Kevin de Bruyne, do Manchester City, marca seu primeiro gol durante a partida de volta das quartas de final da UEFA Champions League entre Manchester City FC e Paris Saint -Germain no Etihad Stadium em 12 de abril de 2016 em Manchester, Reino Unido. (Foto de Clive Brunskill/Getty Images)

Kane continuou a encontrar novos níveis vertiginosos, apesar de não se afastar dos Spurs que ele desejava, enquanto Son se transformou em um dos atacantes mais letais da Europa.

Adicione o talento implacável, conhecimento nauseante de truques e QI de ataque de Neymar, e essa é uma força de ataque que pode colocar vida em Marte.

O amor de Moura por José Mourinho

Por fim, Moura selecionou um técnico para acompanhar na linha lateral. Tendo feito uma final da Liga dos Campeões com Mauricio Pochettino e sabendo dos elogios que ouvimos sobre o argentino, você assumiria que ele era um shoo-in. Mas não, ele realmente selecionou José Mourinho, que treinou os Spurs de 2019 a 2021.

A decisão de contratar Mourinho para substituir Pochettino parece mais estranha a cada dia. Ficou claro que o Tottenham nunca pareceu totalmente comprometido em reservar uma passagem no trem do caos que o acompanha, o que consequentemente foi uma receita para um final amargo.

Mourinho dá instruções a Moura
LONDRES, INGLATERRA – 04 DE MARÇO: Jose Mourinho, gerente do Tottenham Hotspur, conversa com Lucas Moura do Tottenham Hotspur durante a partida da quinta rodada da FA Cup entre Tottenham Hotspur e Norwich City no Tottenham Hotspur Stadium em 04 de março de 2020 em Londres, Inglaterra. (Foto de Julian Finney/Getty Images)

E embora tenha terminado em lágrimas por Mourinho no Spurs em um período esquecido de dois anos, houve vários jogadores que prosperaram sob ele, principalmente Moura, que parecia completamente revivido em um papel mais central com instruções mais tenazes.

Mourinho agora está prosperando na Serie A mais uma vez, vencendo a primeira Liga da Conferência Europa com Roma. Quem sabe, se Moura decidir que quer um novo desafio, telefonar para seu antigo chefe e se reunir em Roma pode ser o próximo passo ideal.

QUIZ – Nomeie a estrela que falta nessas escalações icônicas do futebol


Notícias agora – Notícias esportivas



We would like to say thanks to the author of this short article for this outstanding web content

O melhor XI de Lucas Moura com quem jogou inclui algumas seleções e omissões intrigantes


You can find our social media accounts as well as other pages that are related to them.https://topfut.com/related-pages/